Construção

Sou constituído por palavras que me constroem
Por letras e verbos que me definem.
Sou composto por lembranças 
Sinto saudade de coisas que não me aconteceram
E vivo nesse mundo para cumprir à minha sina.
 
Sou feito por ilusões fantasiosas
Crio coisas que não existem
Vivo entre a lucidez e a loucura
Entre o amor e a razão
Porém tudo em mim é paixão.
 
Vivo em uma reta chamada equilíbrio e
Caminho na constância entre a distância
e as consequências, minhas lágrimas são
intensas e minhas alegrias são vivências.
 
Minha vida não se resume a uma palavra,
Pois ainda não inventaram uma palavra que me define.

Comments

comments

Deixe uma resposta